sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Fragmentos odepóricos


.


Gosto imenso de anotar em pedaços de papel pensamentos que colho em minhas leituras, que leio em postagens de redes sociais, em e-mails que recebo, até mesmo em paredes pichadas pelos muros da cidade, como o haikai da Alice Ruiz que transcreverei lá embaixo, finalizando essa postagem.  

Há de tudo um pouco nessa minha pequena coleção de frases, pensamentos, ditados, aforismos e poemas: Fernando Pessoa, Mário Quintana, Vinícius de Moraes, gigantes da poesia, ou Paul Brunton, Franz Rosenzweig e Martin Buber, grandes filósofos e espiritualistas, exemplos que escolhi para marcar essa pequena postagem, nos moldes da escrita fragmentária, a qual muito aprecio.

Uma pausa nos textos longos, às vezes, é mais do quem bem-vinda. Namastê!
Aquela paralisação assombrada, com a qual se iniciava toda a série sintomática que percebemos, acontece quase sempre em um ponto do caminho onde se rasgam os véus da distância e um destes grandes e maciços montanhosos (Homem – Mundo – Deus) se torna visível, por uns instantes, para o caminhante. É por entre essas três cordilheiras antiquíssimas que discorrem as vias da vida. Franz Rosenzweig



Quando não se sabe aonde se quer ir, todo caminho leva a lugar nenhum. Maxime Vangelier
Viajar é mudar a roupa da alma. Mario Quintana


Resta esse constante esforço para caminhar dentro do labirinto. Esse eterno levantar-se depois de cada queda. Essa busca de equilíbrio no fio da navalha. Essa terrível coragem diante do grande medo, e esse medo infantil de ter pequenas coragens. Vinícius de Moraes


Traga sempre à lembrança o fato de que você é um peregrino, e que o mundo não é mais que um lugar, e que as situações em que você se encontra, ou cria para si, devem ser consideradas não somente do ponto de vista mundano, mas de uma busca por nós mesmos. Paul Brunton


Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar; não ande à minha frente, talvez eu não queira segui-lo; ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos. Provérbio Ute
Eu não evoluo, eu viajo. Fernando Pessoa


Esvaziei a mala, olhei no fundo dela, limpei, e estou indo... preenchê-la com coisas novas. Sensações novas, situações novas, pessoas novas. Tudo novo. Caio Fernando Abreu
É necessário fazer a alma ver coisas que nunca viu. Montesquieu


A melhor estrada para o progresso é a estrada da liberdade. John F. Kennedy
Todas as jornadas possuem destinos secretos, os quais o viajante desconhece. Martin Buber
Acima de tudo, busque o brilho no mundo ao seu redor, porque os maiores segredos estão escondidos nos lugares menos esperados e aqueles que não acreditam na magia jamais os encontrarão. Roald Dahl



O que importa verdadeiramente na vida não são os objetivos que marcamos, senão os caminhos que seguimos para conquistá-los. Percy Shelley
Se você quiser viajar para longe e ligeiro, viaje leve. Deixe para trás suas invejas, ciúmes, rancores, egoísmos e medos. Césare Pavese
Que viagem
assim que você
chega
a abóbora vira
carruagem.

Alice Ruiz


2 comentários :

  1. O peregrino não anda, caminha
    O peregrino não se preocupa, dá graças

    O peregrino não desanima, canta
    O peregrino não tem frio, abraça

    O peregrino não estraga a natureza, procura o bordão
    O peregrino não pára, contempla
    O peregrino não se queixa, partilha
    O peregrino não dormita, medita
    O peregrino não se molha, refresca-se
    O peregrino não descansa, reza
    O peregrino não tem medo, confia!

    Encontrei aqui http://zimborios.blogspot.com.br/ e me lembrei de você! É o blog de um jovem sacerdote português.
    Bem - Resumindo: passar pela vida como um peregrino é a opção mais feliz de viver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Tula! Que alegria esse presente que me deste! Completo a beleza dessa "oração" com outro bordão muito comum lé pelos caminhos jacobeos: O peregrino não exige, agradece!BeijOM OM OM

      Excluir